Dicas para o paisagismo perfeito

Dicas para o paisagismo perfeito


Um bom projeto paisagístico incorpora a forma das plantas

É difícil visualizar o quanto uma planta vai crescer até que se torne parte do seu jardim. Por exemplo, um junípero chinês com 20 cm de altura ficará com 2,5 m de altura e 2,5 m de largura poucos anos depois. As plantas levam tempos variáveis para amadurecer: algumas se formam lentamente, outras bem rapidamente.

Você terá que calcular o tamanho que sua planta alcançará durante um período de tempo determinado. Se planejar um pátio e precisar de uma rápida fonte de sombra, uma árvore de crescimento veloz pode ser exatamente aquilo de que você precisa. As plantas de fundação precisam de uma solução diferente: arbustos anões de crescimento lento e os gramados são, geralmente, a melhor opção para a fundação em torno de uma casa de espaço limitado. Você pode querer planejar a plantação de algumas espécies de crescimento rápido, que às vezes têm vida curta, junto com algumas espécies de crescimento lento, que geralmente são de vida longa. Quando as de crescimento lento estiverem estabelecidas, remova algumas espécies de crescimento rápido que já passaram do tempo no jardim.

Escolha plantas de acordo com a sua posição no jardim. Considere a forma, a altura e a largura naturais das plantas antes de colocá-las. Uma escolha incorreta das plantas geralmente decepciona o proprietário quando são necessárias podas drásticas ou medidas caras de renovação.

“Jardim florido o ano inteiro”
É possível sim ter um jardim florido o ano inteiro, independente da estação do ano. Na hora de planejar o jardim, é só rechear de espécies que florescem alternadamente nas diversas estações. Durante a escolha das flores, observe o clima e a luminosidade que cada espécie precisa para se adaptar. O ideal é contratar uma empresa especializada no serviço para que não haja erro.