Mulher Madura

Mulher Madura


Envelhecer é um verbo que muitas mulheres sonham em riscar do dicionário... mas envelhecer é inevitável. É a  partir dos 40 anos que todas as transformações que causam desconforto, acontecem no corpo feminino. Cuidado com a alimentação e  exercícios físicos devem ter atenção  redobrada nesta fase da vida. E não é só a aparência física que muda com o passar dos anos. É preciso atenção às tendências da cultura e do comportamento de cada época, para não ficar parada no tempo.       

A maturidade não é uma fase somente de perdas. As mulheres com mais de 40 anos estão no auge, são independentes, mais seguras e livres, sexualmente mais resolvidas, conhecem melhor o próprio corpo e as coisas de que gosta ou não gosta. Isso é o que ela ganha com a idade. Afinal, “fruta só fica plenamente doce depois que amadurece”. E é esse o ponto máximo também de sua cor, textura e perfume.

Na chamada idade da loba, a moda deve ser usada como uma grande aliada. Na hora de se vestir, privilegie as partes que podem chamar atenção positivamente. A partir daí, utilize-se das tendências da moda de forma a valorizar o que tem de bonito e neutralizar os pontos mais fracos. Normalmente, as mulheres desta idade têm pernas e colo bonitos, mas a barriga, nem sempre. Às vezes, é bom esconder um pouco os braços, mas se você tem braços bonitos, aproveite e mostre. Olhe-se no espelho, vire-se, analise todos os ângulos, então decida se a roupa cai bem e tem a ver com sua personalidade. A principal dica das especialistas de moda para não errar no vestuário aos 40: o espelho é sempre o melhor amigo.  

Na hora de definir o guarda-roupa, não é necessário recorrer aos ultrapassados casaquinhos de vovó nem ficar presa àquele visual néon da década de 80 que a deixava em sua melhor forma. Se você tem idade a partir dos 40 anos, é dona de uma vantagem em relação às garotas de 20: se conhece melhor. Então é hora de encarar a realidade e prestar atenção nas roupas feitas para mulheres do seu tempo.
Fernanda Miranda