Flashback fashion

Flashback fashion


Foto: DivulgaçãoQue atire a primeira pedra quem nunca comprou uma roupa, sapato e ouviu a mãe dizer: “Nossa, eu tive um igualzinho...” “Hãn?” Uma interrogação passa na cabeça de muita gente, gastar uma grana na super novidade, mas a moda não vive só de invenções. Reinvenções, ou melhor, “reeditagens” fazem o maior sucesso nas passarelas e nas ruas de todo o mundo. As roupinhas e calçados do tempo da mamãe estão cada vez mais na moda e podem ser vistas em muitas vitrines por aí.
    O retrô, não tem se caracterizado apenas pelas cores, mas principalmente os modelos desfilados pelas ruas. Cinturas altas, calças justas, calças pantalonas, sapatos plataforma, blusas com babados, transparencia... Sim, definitivamente, a moda do tempo da mamãe está nas ruas.
    A bancária Juliana Dornelles, afirma que acha incrível a renovação da moda e principalmente, sua inspiração nos anos de sua infância. “É engraçado que sempre ouvi minha mãe, minha avó dizendo que as “calças altas” ajudavam a evitar barriga e modelar cintura, pode ser mito, mas é bem verdade que as cinturas de antigamente eram mais finas. Não sei até quando se manterá essa tendência, mas espero que minha filha possa participar da moda “vovó””. Afirmou a mãe de Peróla.
    Sejam pelas cores ou pelos modelos das novas tendências... Com certeza você ainda terá uma foto bem parecida com sua “progenitora”

Foto: Divulgação“O colorido em ALTA!”

Os blocos de cores, tão em voga nos anos 90, estão de volta. Batizada de “color block”, a tendência que vem invandido as passarelas há duas estações começam a ganhar as ruas e já virou moda entre as famosas.
A novidade permite dezenas de combinações diferentes, mas é preciso prestar atenção em algumas regrinhas básicas para não parecer um integrante do Restart ou estar vestida para um baile de carnaval. A primeira dica é apostar em peças elegantes, de alfaiataria, sem estampas nem muitos detalhes. A cor já é o grande destaque da produção.
Se você quiser um look menos chamativo, o ideal é usar cores “irmãs” (amarelo e laranja, azul e verde, rosa e roxo, etc) ou combinar com um tom neutro (preto, bege e cinza). Outra opção é deixar a cor para os acessórios. Bolsa e sapatos coloridos estão super em alta.
Para ousar, escolha tons contrastantes e opostos (verde e vermelho, amarelo e roxo, laranja e azul). Quando for usar três cores, o ideal é que uma delas seja “irmã”. Quem está com uns quilinhos a mais deve usar a peça mais escura e menos chamativa onde quer disfarçar.