Quem sabe faz

Quem sabe faz


Carlos Alberto, idealizador da ExposítioO empresário Carlos Alberto Melo, há 30 anos atua no mercado de feiras de eventos por todo o Brasil e é pioneiro na montagem e estruturação em divisórias tipo “Eucatex”. A partir de 1985 passou a utilizar o sistema alemão com estruturas de alumínio e painéis “TS”, cuja montagem é versátil e mais rápida.
Sua história com Lagoa Santa começou há 27 anos, quando vinha nos fins de semana para seu sítio no condomínio Vila Monte Verde.
Segundo Carlos Alberto naquela época as pessoas traziam seus móveis velhos para seus sítios e compravam um novo para suas casas.
Há mais ou menos 12 anos começou a imaginar para Lagoa Santa uma feira voltada para sitiantes. A idéia desse projeto evoluiu e há 2 anos lançou a 1ª feira com coisas para sítios.
A partir daí, seu projeto toma corpo e hoje a “EXPOSÍTIO” abriga também o Salão Imobiliário do Vetor Norte, empresas que vendem materiais para construção, utilidades do lar e decoração.
Carlos diz que as imobiliárias sentiram que o mercado não se restringia somente aos sítios e se voltaram para o grande filão imobiliário – Os condomínios, o grande charme da cidade e o que tem movimentado investidores e empreendedores e desde a 2ª edição estão presentes na EXPOSÍTIO.
Fazer um empreendimento como este implica em muitas dificuldades, alto investimento e precisa ser bem feito. As primeiras feiras não alcançaram o resultado financeiro desejado, mas agora estamos mais experientes e temos a certeza de que neste ano colheremos bons frutos.
Lagoa Santa nunca havia tido um evento deste porte. Na primeira feira tivemos 50 expositores, na segunda quase 90 e nesta terceira estamos com mais de 100 expositores. Ano passado e neste próprio ano, várias feiras de eventos no Brasil encolheram devido à retração do mercado. Inúmeras empresas estão com dificuldades para vender seus produtos e serviços.
A “EXPOSÍTIO” tem a finalidade de atrair compradores e ajudar a movimentar o mercado local neste ano tão difícil.
Visando atrair maior número de visitantes aumentamos a premiação para os condomínios e inclusive para seus porteiros, que a partir deste ano também ganharão prêmios. Sortearemos um quiosque, uma mesa de sinuca, barra e prancha para exercícios, etc.
Os visitantes concorrem a um SPA, um aquecedor solar e a um móvel contendo soluções para pequenos espaços. São prêmios caros e incríveis e para concorrer, os visitante devem doar um quilo de alimento não perecível (por família) na portaria do evento.
Também neste ano fizemos várias chamadas na Globo (Ana Maria Braga e Globo Rural) na TV Record (Rei Davi) e na Rádio Itatiaia, com investimento em publicidade de mais de R$ 30  mil reais.
Portanto a expectativa é a melhor possível, com certeza este será um ano melhor que os outros.
Estamos preparando um evento bem montado e a nossa expectativa é a de proporcionar satisfação e retorno financeiro aos expositores. Apesar de não termos receita de bilheteria conseguimos divulgar de forma intensa e em veículos de comunicação de ponta o nosso evento.
Melhoramos a circulação entre os stands e a feira está muito bonita e bem planejada. Sentimo-nos com o dever cumprido e a consciência tranqüila e temos certeza que fizemos o melhor possível e sem a preocupação em economizar. O recado que deixamos aos expositores é que acreditem  que o evento será um sucesso.