Que venham bons ventos!

Que venham bons ventos!




Tivemos o ano de 2014, igual aos anos anteriores, no que tange ao tema: política em Lagoa Santa. Equívocos enormes, açodamento, precipitação, falta de visão cidadã, de conhecimento, e muita estratégia errada por parte de alguns políticos locais.
Aqui nesta cidade o que se viu foram brigas por coisas pequenas, inventadas ou superdimensionadas, o que chega a ser um insulto aos cidadãos esclarecidos e doidos para vivenciar coisas novas. Brigou-se por tudo, menos pelo principal; civilidade e progresso com qualidade de vida. Muito do que foi “denunciado” transpareceu coisa irrelevante, sem importância ou de cunho pessoal.

Na realidade a população está ávida por coisas novas, chega de embromação! Vá, lá na Câmara Municipal e peça a relação dos Projetos apresentados ou aprovados. Essa é a nossa realidade. Nem a religião de alguns destes cidadãos, bastou para amainar seus corações.
Falam em nome de Deus, mas são tiranos, insanos e tem o coração de pedra. Falam em nome da cidadania, mas são déspotas e insensíveis. Falam em nome do progresso, mas são retrógados e ultrapassados e o principal de tudo, parecem “influenciados negativamente”.
Não inspiram confiança, segurança e muito menos demonstram conhecimento em determinadas questões. Não falo isso por detestar ou ser contrário a quem quer que seja, se essas pessoas fossem boas ouvintes, teriam tido dias melhores, mas são humanos e a prepotência acabou imperando.
Seguramente pagarão um preço alto por isso.
Alguns vereadores me têm em baixa conta, por algumas criticas, algumas até bem ácidas, reconheço, mas é o universo que temos por aqui. Acham que vou falar sobre quem, o Lula, a Dilma? Claro que não, nossa realidade é aqui! Escrevi até este momento, sobre as atitudes perpetradas por eles aqui! Falo através desta crônica, que admiro a trajetória de cada um dos vereadores que estão lá, mas discordarei veementemente, todas as vezes que derraparem, e se tiver, que defender ou elogiar qualquer um deles nos acertos, não me furtarei; jamais! É claro que não escrevo sobre política para culpar os vereadores por todas as mazelas municipais que vemos, pois tem muita gente que não foi eleita ou não disputou eleições e que atua nos bastidores, que merece reprimenda também.

Algumas destas pessoas defendem seus interesses políticos legítimos, só que acabam atropelando o bom senso e a urbanidade. Mas isso também é uma questão de índole, de criação ou da falta dela.
Gente com cara de boazinha, que faz questão de cumprimentar todo mundo, gente nova, gente vivida e os apaniguados que acabam fortalecendo estes dissimulados. Isto é o que prejudica o desenvolvimento da nossa cidade. Gente que por ser adversário político, acaba prejudicando a cidade e aqueles que nela vivem, e não estão nem ai! Que os bons ventos venham e toquem os corações dessa gente “política”.
Que as contendas, não sejam contra a população. Que os discursos não sejam tão retóricos e que os resultados positivos possam ser a meta de todos. É inacreditável, como existem pessoas dissimuladas nesta esfera, cumprimentam você, fazem de conta de que está tudo bem, mas conspiram e atacam pelas costas.

Aqui em Lagoa Santa, encontrei gente que me dá calafrios, uns me atacaram pelas costas e se deram mal, graças a Deus, um deles chegou ao cúmulo de chorar na minha frente.
Mas isso é coisa do passado, sobrevivi e quero ir adiante. Vida nova, vida que segue, não tenho mágoas nem ressentimentos, mas estou sempre alerta.
E agora suplico aos políticos de Lagoa Santa que se deixem tocar pelo espírito natalino e pelos ares do ano novo para construir um período de benefícios para a cidade. Faltam dois anos para as próximas eleições e quiçá possamos elogiar todos aqueles que militam na política local.
Até a próxima e Feliz Natal e um Ano Novo repleto de realizações.