Cidade

Seca na Lagoa do Sumidouro se relaciona com baixo regime de chuvas

Foto: Lagoa do Sumidouro 2011/2013: Luísa Cunha Cota    A Lagoa do Sumidouro, localizada na região de Fidalgo, encontra-se neste momento em um período de grande seca, provavelmente, devido ao baixo índice de chuvas registrado nos meses finais de 2012 até agora. Este fenômeno de secas e cheias da Lagoa é natural e histórico, há registros de um esvaziamento desta por um período de 8 meses nos anos de 1975-76 e por cerca de 2 meses nos anos de 1987-1988. Em 2008 a Lagoa do Sumidouro também secou consideravelmente, como se pode ver pela fotografia tirada na época. Já em 2011, que foi um ano com maior volume de chuvas a Lagoa esteve visivelmente mais cheia.
    Esta famosa Lagoa conhecida por sua beleza fica em uma região denominada cárstica. O carste é um tipo de relevo formado pelo efeito corrosivo da água sobre rochas solúveis como o calcário, o que propicia o aparecimento de cavernas, sumidouros, depressões, dolinas e lagoas como a do Sumidouro.Foto: Lagoa do Sumidouro 2011/2013: Luísa Cunha Cota
Leia mais...
 

Um verdadeiro Queijo Suíço na Pinto Alves

Por Roberty Lauar
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Várias reclamações têm chegado à redação do JD - Jornal Diferente em relação aos serviços constantes na tubulação da rede de água e esgoto da Rua Pinto Alves, feitos pela Copasa. Em quase toda sua extensão surgem vazamentos e como conseqüência a abertura de valas, muita lama, poeira e prejuízos aos comerciantes locais. Segundo informam moradores e comerciantes, a tubulação antiga de PVC, já não tem suportado a pressão da água e estoura constantemente. Existem pontos onde foram abertas inúmeras valas ao longo dos últimos 10 anos e o problema não se resolveu, afirmam os comerciantes locais, que ainda dizem: “Já cansamos de reclamar e pedir que troquem a tubulação por uma mais resistente e de maior vazão que permita acabar de uma por uma vez por todas com o nosso sofrimento.
Porque será que a COPASA não nos atende? “Vivem abrindo valas, fazendo remendos insuficientes e o problema acaba voltando, diz o proprietário da empresa Comercial Perdigão. Há anos vivemos com este martírio”. O retrato desta realidade de descaso e indiferença pode ser medido pela ironia de um funcionário da Copasa que ao ver fotos sendo tiradas para esta matéria disse o seguinte: “Quero ver quando vocês acharem ratos e baratas em suas casas se vão tirar fotos também”. Talvez, por isso, os ratos gostem tanto de queijo Suiço!

 

Lagoa Santa entrega mais de 1800 assinaturas da campanha Assine + Saúde na ALMG

Iniciativa já reuniu mais de 400 mil assinaturas em Minas Gerais

A Câmara Municipal de Lagoa Santa marcou presença no ato de entrega das assinaturas recolhidas pelos parceiros da campanha “Assine + Saúde”, que ocorreu na manhã desta última terça feira, dia 09, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).
Os vereadores Robertinho, Roberto de Dalva, José Quintino, Dinággio Evangelista e o Secretário de Saúde do Município, Fabiano Moreira, se juntaram às demais lideranças políticas de todo o Estado e foram pessoalmente entregar as mais de 1.800 assinaturas coletadas em Lagoa Santa.
A meta é coletar assinaturas para apresentar à Câmara dos Deputados um projeto de lei de iniciativa popular, que obriga a União a investir 10% de sua receita corrente bruta na área da saúde. Para que seja aceito, é preciso reunir 1,5 milhão em pelo menos cinco Estados e cada um deve contribuir com no mínimo 43 mil assinaturas.
O presidente da ALMG, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), que conduziu o encontro ao lado do presidente da Comissão de Saúde, Carlos Mosconi (PSDB), destacou a importância da participação mineira nessa campanha. “Minas foi o Estado que mais coletou assinaturas. Já temos aqui, auditadas, 441 mil assinaturas e a expectativa é de chegarmos a 600 mil no dia de hoje”, reitera Dinis.
Atualmente, a Emenda Constitucional 29, de 2000, determina que os Estados invistam 12% de sua arrecadação de impostos em ações e serviços públicos de saúde, e os Municípios, cerca de 15%. A União, detentora da maior parcela de arrecadação tributária, não possui um percentual fixo para aplicação e investe hoje, cerca de 6% no setor. “A aprovação desse projeto representa de 70 a 90 bilhões de reais a mais para se investir na saúde”, ressalta Fabiano.
A campanha “Assine + Saúde” foi lançada no ano passado (2012) e faz parte do movimento nacional por mais recursos para a saúde. Essa é uma iniciativa da Associação Médica Brasileira (AMB), Ordem dos Advogados (OAB) e Academia Nacional de Medicina (ANM). Em Minas, tem o apoio de diversas entidades e municípios e Lagoa Santa não ficou de fora.
 

Participação Popular e audiência da TV Câmara Lagoa Santa aumentam a cada semana

Desde dezembro de 2011 a Câmara Municipal de Lagoa Santa transmite ao vivo às reuniões da Casa Legislativa através do site www.cmlagoasanta.mg.gov.br que tem como missão promover ainda mais a transparência e o trabalho dos nove vereadores da cidade.
Com a transmissão na íntegra das sessões plenárias ordinárias, o cidadão pode conferir em tempo real as atividades desenvolvidas em cada reunião.
 No mês de junho, a média semanal de audiência foi de 760 internautas, chegando a picos de quase 1000 pessoas acessando a WebTV da Câmara.
Para o presidente da Câmara Robertinho, este número expressivo de internautas e a presença da população no plenário é resultado desta nova gestão dos vereadores eleitos no último pleito, que tem buscado ativamente responder com muito trabalho a todos os anseios da população em prol da cidade.
“Um exemplo é o tempo destinado à população para o uso da Tribuna Livre. No Regimento Interno, no Artigo 17, é de 20 minutos o tempo reservado para os oradores inscritos, limitado em cinco minutos para cada cidadão e este limite tem se estendido com a aprovação de todos os vereadores para que a população participe ainda mais dos assuntos pertinentes aos problemas que a cidade enfrenta”, conclui o presidente da Câmara.

TV CÂMARA
Acesse o site www.cmlagoasanta.mg.gov.br e acompanhe ao vivo as transmissões das Reuniões Ordinárias da Câmara.
Toda terça feira, a partir das 18h30
 

Ações do Vereador Dinággio diminuem risco de acidentes na Conde Dolabella

O vereador Dinággio Evangelista,  que iniciou seus trabalhos como Secretário Municipal de Transportes e foi um dos fundadores do Conselho de Segurança Pública - CONSEP, em 2004 realizou a dinamização da sinalização de transito em boa parte da cidade.
 Introduziu vários semáforos luminosos na cidade, faixas elevadas para pedestres, implantou as ruas de mão única em vários trechos, priorizou passe livre para idosos nos transportes públicos do município, além de priorizar também a sinalização de segurança nas portas das escolas. Hoje luta para a implantação do monitoramento eletrônico para otimizar a segurança no município nos centros comerciais e portas das escolas, o que foi feito em municípios de outros estados diminuindo brutalmente a criminalidade.
“Recentemente acompanhei o processo de sinalização pela TRANSLAGO da principal via do bairro Várzea, a Rua Conde Dolabela, onde percebi o grande risco da nova sinalização de centro de pista que induzia os motoristas ao risco extremo e que aumentou absurdamente a dificuldade dos motoristas, que me procuraram no gabinete e no plenário da Câmara para relatar os fatos”, diz Dinággio.
O Vereador comunica que realizou o trabalho de conscientização de que aquela sinalização feita foi um erro, e reverteu o fato, solicitando a correção em todo o trecho da Rua Conde Dolabela e orientando a forma correta e segura para esta  execução. Hoje os motoristas de coletivo e veículos de carga que utilizam do trecho, reconheceram a melhoria!
 

Feira de Artesanato de Lagoa Santa empolga turistas e população

Por Roberty Lauar
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Uma história que começou há quatro anos, encabeçada por abnegadas mulheres de mãos santas, continua encantando turistas e visitantes, bem na orla da Lagoa Central. Trata-se da Feira de Artesanato Lagoa Arte Santa. Sua primeira Presidente foi Carminha, nascida em Conceição do Mato Dentro que veio para Lagoa Santa há 12 anos trazendo na bagagem a missão e a experiência como professora por 28 anos. Também formada em Ciências pela UFMG, em Química pela Federal de Viçosa, em Matemática pela Fafídia e pós-graduada e tudo o mais, Carminha encarou o desafio e plantou semente que germina exuberante em forma de arte e dedicação. Hoje a Feira de Artesanato Lagoa Arte Santa é presidida por outra idealista,  também professora, neste caso de artes plásticas, formada pela Faculdade de Belas Artes, da UFMG. Seu nome, Cláudia Fiorini (tudo com i). Casada com o médico do Posto de Saude Central Dr. João Luiz, tem três filhos e se mudou para cá também como tantos outros, em busca da tão desejada qualidade de vida.
Leia mais...
 

AVC - Acidente Vascular Cerebral - Derrame

Por Roberty Lauar
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Neste Sábado, dia 06.07 aconteceu na sede social do Condomínio Amendoeiras o 1º Bingo e Leilão Beneficente da AMAVC – Associação Mineira do AVC. Foi um sucesso absoluto, com muita gente alegre e solidária à causa encabeçada pela querida e obstinada empresária Sandra Issida da empresa No Frontiers.
O AVC é popularmente conhecido como “derrame”. Isto ocorre quando o suprimento sanguíneo é reduzido ou bloqueado, podendo haver a perda súbita da função neurológica, ocasionando lesões cerebrais que podem ser: pequenas, severas, temporárias ou permanentes. O AVC pode ocorrer a qualquer hora, durante qualquer atividade e até durante o sono. O AVC atinge cerca de 150 pessoas em cada grupo de 100 mil habitantes. Apesar dos dados alarmantes pouco se conhece sobre a doença e suas formas de tratamento e prevenção. A informação e identificação rápidas dos sintomas permite que inúmeros pacientes recebam o tratamento adequado e rapidamente.
Leia mais...
 

Prefeitura presta esclarecimentos sobre a falta de medicamentos em Lagoa Santa

Texto enviado pelo Secretário de Saude Fabiano Moreira
Assim como em outros municípios do país, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Lagoa Santa têm enfrentado dificuldades durante o processo de compra de medicamentos devido as licitações desertas (quando não há fornecedores interessados em vender) ou frustradas (empresas de medicamentos, inabilitadas ou com propostas desclassificadas).
Segundo o Secretário de Saúde Fabiano Moreira, desde outubro do ano passado tem acontecido alguns atrasos também na entrega de medicamentos fornecidos pelo Governo do Estado pela dificuldade na compra com alguns fornecedores. Como exemplo, cita o medicamento Metilfenidato (Ritalina), que passa por problemas de fornecimento em todo o país, inclusive em diversas farmácias particulares. Além disso, Fabiano destaca que o município por estar credenciado junto ao SUS, como gestão plena, recebia trimestralmente do governo do Estado cerca de R$130.000,00, porém estes recursos não estão sendo repassados para a Prefeitura na totalidade prevista, sendo que em 09/04/2013 segundo informa o Secretário, foi recebido apenas R$33.226,05. Mesmo assim, Fabiano diz que a Prefeitura tem usado e vai usar dos seus recursos próprios para garantir o fornecimento dos medicamentos à população.
Leia mais...
 

Obras na LMG-800 e os impactos para a cidade de Lagoa Santa

Por Lucas Amaral
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Nos próximos meses os motoristas que circulam nos arredores da cidade de Lagoa Santa e do Vetor Norte irão perceber uma mudança drástica no tráfego viário da região. Isto porque iniciou na terça feira, dia 2, a execução de uma série de intervenções na Rodovia LMG-800, que liga a MG-010 à cidade de Confins. Os investimentos serão em torno dos R$ 373 milhões e beneficiarão diretamente 2,9 milhões de pessoas de nove municípios (Belo Horizonte, Conceição do Mato Dentro, Confins, Jaboticatubas, Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Santa Luzia, São José da Lapa e Vespasiano).
Porém, há males que vêm para o bem. Apesar dos transtornos momentâneos, as obras trarão uma série de benefícios à população. Segundo a Assessoria de Imprensa do DER/MG, ampliando a capacidade das vias, o trânsito para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves melhorará sensivelmente. Além disso, as obras irão beneficiar a Infraero com a construção de um novo acesso ao terminal a partir do sentido Belo Horizonte-Confins, facilitando também a chegada ao terminal de cargas e ao Centro de Controle e Manutenção da Empresa Gol, no sentido oposto. E não para por ai, existe ainda, a intenção do governo estadual de transformar a região em um complexo industrial de alta tecnologia, o que impulsionará a economia local e de Minas Gerais.
Leia mais...
 

Redução da Maioridade Penal

Com quem está a razão?

Por Iara Sá Motta
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

A maioridade penal é o que define a idade mínima em que o sistema judiciário pode processar um cidadão adulto sem quaisquer desagravos, atenuantes e subterfúgios que antes poderiam ocorrer com a tenra idade do individuo. A redução se constitui em punir os menores de idade por atos infratores, como assassinatos e roubos. O número de crimes cometidos por menores no Brasil é elevado, portanto é correto haver um rebaixamento dessa faixa etária em que, eles, os infratores poderão ser punidos?
“Penso que temos uma lei que dizem ser uma Lei de primeiro mundo, ou seja, o Estatuto da Criança e do Adolescente. Foi elaborada pós nossa nova Constituição Federal e feita pelas mãos dos brasileiros da época. Coisa mais antiga! Pessoas sem a menor capacidade de bom senso. Viviam numa época em que no Brasil os adultos ao cometerem algum ilícito logo eram soltos com a justa justificativa, por exemplo, que se matou a mulher, era por legítima defesa da honra. Já nossas crianças ao roubarem uma maçã eram encaminhadas com base no código de menores para as FEBEM’s, preferencialmente para cidades diferentes daquela em que sua família residia. Acho que eles tentavam evitar o mau exemplo dos pais. Se o menor roubou, devia ter aprendido com seu pai ou sua mãe, e assim não era conveniente deixar que ele mantivesse contato com esse tipo de pessoas, aquelas que não sabem dar bons exemplos. E ele, o menor, devia ficar trancafiado pelo menos até os 18 anos de idade dado a gravidade do crime cometido, sem nenhuma visitação e o juiz que para lá o mandou, nunca mais se lembraria do seu grandioso feito em defesa da sociedade.” Ironiza Mauro Roberto Ribeiro Pinto, Assistente Social e dirigente do CEPLago Hotel, totalmente contrario à redução da maioridade penal.
Leia mais...
 


Página 10 de 25