Secretário de Saúde de Lagoa Santa informa a quantidade de médicos que atendem na cidade

Secretário de Saúde de Lagoa Santa informa a quantidade de médicos que atendem na cidade




O Secretário de Saúde de Lagoa Santa, Fabiano Moreira, respondendo a informações infundadas sobre o baixo número de médicos em Lagoa Santa em texto enviado à imprensa diz em resumo o seguinte: “A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza como parâmetro ideal de atenção à saúde da população a relação de 1 médico para cada 1.000 habitantes.
Como Lagoa Santa possui quase 60 mil, deveríamos ter 60 médicos na cidade. Abaixo segue lista de todos os médicos por setor, sendo que nos Postos de Saúde temos ampla maioria, 2 médicos por equipe de PSF, onde a Portaria 648 do Ministério da Saúde determina que seja 1 médico por equipe.
O que ocorre é que muitas pessoas querem o atendimento na hora, mesmo não sendo urgência, não entendendo que muitas vezes os médicos estejam em visitas domiciliares (Conforme Portaria 648 do MS), em dias específicos para atender gestantes, idosos, hipertensos, diabéticos, recém-nascidos, etc.
Afirmo que Lagoa Santa é uma das cidades mais bem servidas de “Corpo Clínico” de nossa região, mas precisamos contar com o entendimento e a colaboração das pessoas.”

Médicos nos Postos de Saúde da Família e Provab: Total: 28.

Médicos Especialistas: Total: 27 (Pediatra, Clínicos, Ortopedistas, Ginecologista, Urologista, Infectologista, Endocrinologista, Oftalmologista, Otorrino, neurologista, Dermatologista, Angiologista, Cirurgião e Pneumologista)

Corpo Clínico PAM: Total: 46 (23 Clínicos, 14 Ortopedistas, 9 Pediatras)
Total atualizado em: 12/12/2014 = 101 médicos


Fala do Secretário de Saúde quanto à Santa Casa

Em decisão recente, a Juíza Dra. Sandra Salette da Silva da 1ª Vara Cível, Criminal e de Execuções Penais de Lagoa Santa, nomeou uma Comissão para gerir a Santa Casa de Lagoa Santa, nos próximos meses, com os nomes de duas pessoas, que particularmente desconhecemos. Os nomes não contemplam nenhuma instância do MP, da Câmara de Vereadores de Lagoa Santa e do SUS (Prefeitura, Estado e Ministério da Saúde). Além disso, foi designada para o mês de Março/2015 audiência de conciliação. Lamentamos tudo isso. Pois um hospital fechado merecia ações mais céleres e uma visão mais técnica do processo. Vamos recorrer junto ao TJMG URGENTEMENTE. Enquanto isso, na prática, a Prefeitura passa a não ter qualquer poder e responsabilidade nesse processo de reabertura do Hospital. O que entendemos ser delicado, pois o mesmo só poderá reabrir com a participação do município, pois somente ele, o município, pode assinar as contratualizações do SUS. A não ser que eventualmente o interesse seja outro, abrir 100% particular. O que na prática também não é legal, pois o patrimônio é SUS, e o terreno e o prédio são do município. Enfim, decisão judicial se respeita, mas cabe recurso.
Abraços Fabiano Moreira.