Feira cultural ou comercial?

Feira cultural ou comercial?


Por Roberty Lauar
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Sobre a matéria contendo entrevista com o Secretário do Bem Estar Social, Sr. Genêsco Neto sobre a “Feira Cultural” publicada na edição nº 32 do JD – Jornal Diferente recebemos o e-mail abaixo da leitora Deborah Lopes com o seguinte comentário: 
“ É deprimente ver essa entrevista com o Secretário de Bem Estar Social, que joga a culpa nos feirantes. Gostaria de perguntá-lo então, porque é que o Sr. Wanderley Félix comandava o som do evento, sendo que pelo que consta, o mesmo diz não ter apoio da Prefeitura? Não foi isso que nos foi dito não. A Prefeitura estava dando apoio sim, por causa da Sra. Selma Bruni, que tinha uma barraca na feira... Que feio, Sr. Secretário!
Nota do JD – Jornal Diferente; Nesta última sexta-feira dia 26.04 a Feira aconteceu no mesmo lugar, um espaço público, que pelo que se pode depreender das respostas do Secretário de Bem estar Social na edição nº 32 do JD – Jornal Diferente desconhecia a Feira. Novo folheto foi distribuído na cidade, de novo, com o apoio da Prefeitura, da Secretaria de Bem Estar Social, etc. Afinal de contas a Feira é ou não cultural? E quais instituições se beneficiam dela? O JD – Jornal Diferente se coloca à disposição do Sr. Secretário para publicar nova matéria esclarecendo as dúvidas que ainda pairam sobre este evento.