Novo empreendimento vai trazer mais beleza e desenvolvimento para Lagoa Santa

Novo empreendimento vai trazer mais beleza e desenvolvimento para Lagoa Santa


Hotel Promenade Lagoa Santa chega para ser referência na cidade
Acompanhando a demanda de crescimento do vetor norte da região metropolitana de Belo Horizonte, a Incorporadora e Construtora Dominus deu início a construção do hotel Promenade Lagoa Santa, empreendimento de padrão internacional que irá gerar de imediato, empregos diretos e indiretos, impulsionando a economia da região e promovendo o desenvolvimento da infraestrutura local.
    A obra orçada em R$ 20 milhões e limitada a quatro pavimentos, foi iniciada após celebração do Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre o Ministério Público de Minas Gerais, por meio da Promotoria de Justiça de Lagoa Santa, a construtora, a Promenade Apart-Hotéis Ltda e o município de Lagoa Santa. O termo prevê a revitalização de dois quilômetros da Lagoa Central, de acordo com projeto conceitual da Prefeitura, e a obra será iniciada após a liberação do município. “O hotel está dentro do código de posturas e atende aos requisitos de uma lei antiga da cidade, que permitia a construção de pousadas no local. O que acontece é apenas uma adequação. Além disso, os empreendedores terão de investir R$ 1,6 milhão em uma obra de revitalização da lagoa, que vai se transformar em um ponto turístico cada vez mais atraente”, afirma a promotora Janaini Kelly Brandão Ferreira.
    Cláudio Neves, sócio e diretor da Incorporadora e Construtora Dominus, esclarece que a preocupação da empresa vai muito além da revitalização de parte da Lagoa. “Temos um compromisso estabelecido com a municipalidade no sentido de contribuir para a qualidade de vida da população. Fizemos um grande planejamento da área e tudo foi pensado respeitando principalmente as normas ambientais. O hotel Promenade Lagoa Santa será construído com total integração ao meio ambiente e valorização da paisagem local”.
    Segundo Neves, outras medidas serão realizadas neste sentido, como a implantação da praça / área verde do Bairro Conjunto Residencial Lagoa Santa, com pavimentação de trilhas para caminhadas, instalação de bancos, mesinhas para jogos, quiosques para piqueniques, brinquedos infantis, lixeiras e placas educativas; interligação do sistema de esgotamento do hotel ao sistema de captação de esgotamento sanitário COPASA/MG; plantação de árvores na orla da lagoa central em substituição àquelas suprimidas no terreno.
    O arquiteto Antônio de Pádua, da Dávila Arquitetura, explica que vários pontos foram planejados para provocar o mínimo impacto. O hotel terá sua entrada pela rua dos Operários e os apartamentos terão vista para a lagoa. “Vamos preservar a avenida Getúlio Vargas, na orla, do possível aumento de trânsito e da presença de veículos maiores gerado pelo uso hoteleiro”. E acrescenta. “O tratamento paisagístico tem como objetivo não só criar ambientes agradáveis internos ao hotel, como também harmonizar a relação do hotel e da lagoa, estabelecendo uma continuidade ambiental e paisagística”. Pádua ainda ressalta que a implantação do hotel irá utilizar um afastamento generoso e superior aos exigidos, deixando grande percentual do terreno permeável e possibilitando a manutenção de uma massa vegetal significativa e a absorção das águas pluviais sem sobrecarregar o sistema de drenagem existente.
    Quanto às instalações, Pádua explica que todas foram concebidas com a intenção de tornar o empreendimento adequado às novas demandas de sustentabilidade, com a utilização de sistemas passivos e sustentáveis e sem impacto às instalações urbanas e ao ecossistema da lagoa. “Durante a construção, todas as medidas e cuidados serão tomados para a minimização de impactos, sem risco de qualquer dano ambiental ao local”, destaca.
    Para Fabiano Abrão, morador de Lagoa Santa, o empreendimento atende aos pré-requisitos legais e está associado ao desenvolvimento sustentável, além de ser extremamente importante para o crescimento social e cultural da cidade. “A construção do hotel está inserida no planejamento sustentável da cidade. Lagoa Santa, assim como as outras cidades da região metropolitana, tem que ser capaz de oferecer aos moradores, investidores e também aos turistas novos empreendimentos e boas opções de lazer. Este crescimento é certo, principalmente com a expansão do vetor norte”. 


O Hotel
    Com previsão de inauguração para 2014, o Promenade Lagoa Santa será um hotel de padrão internacional tendo como referência o requinte e sofisticação. O empreendimento terá infraestrutura moderna, com vista privilegiada, spa green, sala de reuniões, espaço fitness, sauna e repouso, piscina, restaurante/bar aberto ao público e um amplo lobby. Para a decoração e montagem do empreendimento, foi convidado o renomado arquiteto Jaime Morais, especialista no ramo hoteleiro, com atuação na Europa e no Rio de Janeiro.
    “O hotel vai atender a crescente demanda de hospedagem gerada pelo desenvolvimento do vetor norte de BH, tanto para quem está a negócios quanto para quem procura lazer e sossego. Vamos oferecer o que há de melhor para os hóspedes”, diz Cláudio Neves.
    Visando oferecer um atendimento de alto padrão, estão sendo programados cursos para qualificar a mão de obra local, por meio da realização de oficinas nas áreas de hotelaria, o que irá contribuir para a movimentação econômica da cidade. Além disso, para atender a demanda do Spa Green também serão realizados cursos de massagem para a comunidade local que, após a formação, poderá ser contratada para trabalhar no spa.