Atriz Lucy Ramos brilha na pele da personagem Sheila na novela “Salve Jorge”

Atriz Lucy Ramos brilha na pele da personagem Sheila na novela “Salve Jorge”


Por Fabrícia Araújo
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Atriz Lucy Ramos - Foto: Carlos LocatelliEla é uma das grandes atrizes da nova geração que chegou para fazer diferença nas artes cênicas. De Recife, a atriz Lucy Ramos que atualmente vive a personagem Sheila na novela global “Salve Jorge”, iniciou como jogadora de futebol e atuou como modelo aos 16 anos, quando realizou pequenas  campanhas publicitárias.
Aos 18 anos,  Lucy entrou para  curso de teatro no Senac, onde teve   a sua primeira porta aberta: a atriz foi convidada para fazer parte do elenco de apoio da novela “Começar de Novo (2004)” na Rede Globo e em seguida, entrou para  a Oficina de Atores da mesma emissora e a partir de então, não parou  de dar vida  a diversas personagens na telinha.
Em 2005,  Lucy Ramos participou do elenco de “Malhação” e em 2008,  atuou nas telonas fazendo uma participação especial no filme “Um dia depois de ontem”, em que viveu a personagem Mirina. Além dessas, Lucy brilhou  em outras tantas novelas como “Pé na Jaca (2006)como a patricinha  Guguta,  se destacou como  Adelaíde, dama de companhia na novela “Sinhá Moça(2006) e foi vilã em “Ciranda de Pedra (2008)” e em 2009, foi Cleusinha, na novela “Paraíso (2009)” e também  dançou e cantou na peça “Cordel Encantado (2011) com a personagem Maria Cesária.
Atualmente, a atriz vive a sonhadora Sheila, moradora do Morro do Alemão e melhor amiga da protagonista Morena, vivida pela atriz Nanda Costa. Em entrevista exclusiva ao JD – Jornal Diferente, a atriz conta um pouco da sua trajetória e seus trabalhos de sucesso.
1 - Um dia você jogou futebol depois, teve a oportunidade de trabalhar como modelo. Em que momento da sua vida você decidiu que seria atriz?
Eu não queria ser modelo, o que me fez virar modelo foi à vontade da minha mãe e do meu professor de futebol, que quase me obrigou rsrs. O meu interesse em atuar veio assim que comecei a modelar, queria fazer algo que acrescentasse no que estava fazendo, e como sempre fui modelo comercial se soubesse atuar eu ia fazer a diferença.
2 - E essa vontade de se tornar jogadora de futebol, por que não foi para frente?
Eu era adolescente quando jogava futebol, estava em um momento de descobertas e achava que o futebol ia mudar a minha vida. Depois fui modelar e tive que parar para não me machucar.
3 - Como aconteceu o convite para o primeiro papel na televisão?
Já havia feito alguns testes para Tv Globo, até que um desses testes foi aprovado e fiz a minha primeira novela que foi “Começar de Novo”, como elenco de apoio.
4 - Como você se preparou para viver a Adelaide na novela “Sinhá Moça”? O que essa personagem significou para a sua carreira?
A personagem Adelaide foi a minha apresentação para o grande público. Foi em “Sinhá Moça” que de fato comecei minha carreira já que a minha personagem tinha uma grande importância na história. Na época não fiz grandes preparações para vivê-la, busquei todos os sentimentos dentro de mim. Os textos do Benedito Rui Barbosa são muito bons, já dizem muita coisa, é só mergulhar nele, se entregar.
5 - E a Maria Cesária, de “Cordel Encantado”?
Com a Maria Cesária foi diferente, tive que estudar além do texto. A história falava de um assunto lúdico e a personagem era uma cozinheira de mão cheia, então, assisti alguns filmes e desenhos animados que tinham esse universo de conto de fadas já que a Cesária virava Rainha. Também fui à cozinha de um restaurante em SP e fiquei uma tarde inteira botando a mão na massa, aprendendo truques.
6 - Se você não fosse atriz, o que você seria?
Não me vejo fazendo outra coisa, mas pelo fato de gostar tanto de animais, talvez fosse Veterinária.
7 - Que tipo de personagem você gostaria de interpretar?
Estou no início da minha carreira então, ainda não fiz nem a metade do que gostaria. Penso em muitos personagens que quero fazer como, um deficiente auditivo, uma rapper, uma transexy, uma drogada, doente mental, vilã e por ai vai...
8 - Quais são as maiores dificuldades e as grandes realizações que já viveu como atriz?
Acho que uma das grandes dificuldades é manter-se na carreira e saber controlar a instabilidade. Mas amo o que faço e mesmo diante de qualquer dificuldade o prazer de estar em cena compensa tudo.
9 - Um ator e uma atriz que você mais admira? Já teve a oportunidade de contracenar com eles?
Admirava muito o trabalho da Dira Paes e agora estou tendo o prazer de trabalhar ao seu lado, ver que além de uma grande atriz ela tem um coração de mãe, é simples, gente boa. Aprendo muito com ela. Também gosto muito da Patrícia Pillar, tive a oportunidade de trabalhar com ela e foi ótimo.
Gosto muito do trabalho do Osmar Prado e também já tive o prazer de trabalhar com ele. É um ator que recebe muito bem os novatos, gosta de conversar, é muito estudioso, e está sempre se renovando a cada personagem. Vejo isso também no Tony Ramos, que é outro ator que admiro, mas que ainda não tive a oportunidade de trabalhar.
10 - E sobre a Sheila, personagem que você interpreta na novela “Salve Jorge, o  que você tem a dizer sobre ela?
Ela começou pra cima, toda carioca, depois que a Morena contou o segredo do tráfico humano, ela se mostrou uma pessoa medrosa e isso esta sendo muito divertido. Estou contracenando com a atriz mais generosa que já conheci que é a Dira Paes. E nessa reta final de Salve Jorge muita coisa vai acontecer com a Sheila, não percam!!
11 - Depois da novela, você já tem novos projetos de trabalho?
Estou com alguns projetos, mas estão em fase de negociação. Tem a peça “Escove os dentes após o Beijo” do Thiago Luciano que está bem encaminhada.